Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
|
|

Detalhe da Notícia

Light tem lucro líquido de R$ 6 milhões no terceiro trimestre de 2018

13/11/2018

​A Light obteve, no terceiro trimestre de 2018 (3T18), lucro líquido (LL) de R$ 6 milhões, acumulando R$ 73 milhões de LL nos nove primeiros meses do ano (9M18). Este resultado é influenciado, principalmente, pelo aumento do mercado total faturado e pelo desempenho operacional da empresa no que diz respeito à qualidade do fornecimento de energia.

Os investimentos da empresa foram realizados principalmente na distribuição de energia, que somaram 82,6% (ou R$ 176 milhões) dos recursos aplicados pela Light no 3T18 (R$ 213 milhões, 3,6% a mais que no 3T17), impactando diretamente no serviço prestado aos clientes da Light. A Duração Equivalente de Interrupção (DEC) - número médio de horas que um consumidor fica sem energia elétrica em um ano – somou 7,67 horas, 2% a menos que o registrado em junho de 2018 e 21,7% abaixo do nível pactuado com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Já a Frequência Equivalente de Interrupção (FEC) - número médio de vezes em que houve interrupção do fornecimento de energia durante um ano – chegou a 4,60 vezes, resultado 2,3% menor que o índice obtido no 2T18 e 23,5% menor que o acordado com a agência reguladora.

O mercado total faturado registrou um aumento de 2,7% em relação ao 3T17. Se retirássemos o efeito das ações de recuperação de energia, alcançaria 6.300 GWh, um aumento de 4,1% contra o 3T17. Nos 9M18, mesmo com um primeiro trimestre desfavorável em razão da temperatura abaixo da média histórica para o período, o consumo total atingiu 21.072 GWh, ficando apenas 0,5% abaixo do acumulado de 2017. A Taxa de Arrecadação da distribuidora fechada em setembro de 2018 alcançou 99,1%, 0,8 pontos percentuais (p.p) superior à do mesmo trimestre do ano anterior (98,3%).

Ebitda, perdas e dívida

O Ebitda ajustado consolidado atingiu R$ 335 milhões no 3T18, registrando uma queda de 33,4% contra o mesmo período do ano anterior, tendo sido impactado principalmente pelo aumento de perdas e provisões da distribuidora no período.

O índice de perdas totais sobre a carga fio (12 meses) em setembro de 2018 foi de 23,15%, representando um ligeiro aumento em relação ao período encerrado no 2T18 (22,98%). Com isso, a diferença para o nível regulatório (20,62%) ficou em 2,53 p.p.

A Light encerrou o 3T18 com indicador de covenants na relação Dívida Líquida/EBITDA em 3,57x (vezes), abaixo do limite de 3,75x estabelecido contratualmente com os credores.